Primeiro-ministro de Israel constrange ONU e diz que “fará tudo para defender seu povo”; Assista


O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, respondeu com veemência as declarações do presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, sobre o fim do acordo de paz entre os dois povos, e criticou a Organização das Nações Unidas por se calar diante das ameaças feitas pelo Irã contra Israel.
As declarações de Abbas desencadearam uma série de pequenos atentados terroristas na cidade de Jerusalém. Em um dos casos, judeus foram assassinados a facadas e um grupo de turistas ficou ferido por disparos de armas de fogo. O responsável foi identificado como o palestino Muhannad Halabi, 19 anos, que terminou morto pela Polícia israelense. A autoria do ataque foi assumida pelos terroristas do grupo palestino Jihad Islâmica.
Sobre a fala do presidente palestino, Benjamin Netanyahu disse que “continua comprometido com a visão de dois Estados, dos dois povos” e que espera que os palestinos “cumpram a parte deles” no acordo.

Share on Google Plus

Sobre David Primo

Esta é uma breve descrição no blog sobre o autor. Editá-lo, No html e procurar esse texto
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial